Quando o Senhor diz não à nossa oração – Parte I

2
901

Certamente você já passou por isso: Orou muito sobre uma dada questão, e o Senhor não te atendeu. Como é difícil e doloroso ouvir um ‘não’ da parte do Eterno.

Mas, por que o Eterno nos diz ‘não’? Há vários possíveis motivos para isso. É importante conhecê-los para poder compreender. Este é o primeiro de uma série de três artigos sobre esse tema. Vamos às razões:

1) Pecado
Nunca é agradável falar disso, mas é importante se perguntar se existe na sua vida algum pecado grave que precisa ser tratado. A Bíblia Hebraica diz: “Se eu atender à iniquidade no meu coração: O Eterno não ouvirá.” (Sl. 66:18)

Não pense que o Senhor quer o nosso mal. Mas, às vezes pode querer nos disciplinar. E isso inclui dizer não a algumas orações. É importante, nesse ponto, uma auto-reflexão profunda.

Mas, vamos ver que há também muitas outras razões para ouvirmos um não da parte do Senhor. Não podemos ser precipitados como foram os amigos de Jó e achar que tudo é fruto do pecado.

2) Não enxergamos o mal.
Muitas vezes, se o Eterno dissesse sim, isso poderia ser pior, mas nem sempre temos condições de enxergar. Imagine José orando para ser liberto do cativeiro no Egito e para regressar à casa de seu pai. Certamente isso passou pela cabeça dele enquanto estava na prisão. Mas, se o Senhor tivesse atendido o seu pedido, ele não teria interpretado o sonho de faraó e o Egito não teria se preparado para os anos de seca.

Quantas pessoas teriam morrido por causa disso? O próprio José percebeu isso, quando disse a seus irmãos: “Mas o Senhor me enviou à frente de vocês para lhes preservar um remanescente nesta terra e para salvar-lhes as vidas com grande livramento.” (Gn 45:7)

3) Um bem maior
Muitas vezes, pedimos por pão mas o Senhor quer nos dar um banquete. Muitas orações parecem não ser ouvidas, mas na verdade o Senhor quer nos fazer um bem ainda maior e por isso precisa dizer não temporariamente. Em dado momento, Moisés disse: “Ah ETERNO! Peço-te que envies outra pessoa”. (Ex. 4:13)

Se o Senhor tivesse atentado ao pedido de Moisés, ele teria tido uma vida bem medíocre em Midiã e não teria sido o maior profeta que já existiu, responsável por tantas pessoas escutarem a respeito dos feitos do Senhor!

4) Outra pessoa pediu o mesmo
Imagine quantas pessoas pedem ao Senhor para passar num concurso público ou numa vaga de emprego! Muitas vezes o número de vagas é bem menor do que o número de pessoas que fazem esse pedido. Algumas vezes, há pessoas que precisam bem mais do que nós e nós nem temos ideia disso!

Boaz era um homem rico e influente (Rt. 4:1). Imagine quantos pais teriam orado pedindo que Boaz se casasse com suas filhas. E quantas moças devem ter feito o mesmo pedido! Mas, a Bíblia Hebraica diz: “Boaz casou-se com Rute, e ela se tornou sua mulher.” (Rute 4:13)

Rute e Noemi provavelmente precisavam bem mais do que essas moças. Isso não quer dizer que o Senhor as desamparou e não as ajudou a terem casado com homens dignos e honrados.

No próximo artigo, veremos mais motivos. Até lá, conservemos nossa confiança no Criador dos céus e da terra. Ele sabe o que faz!

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here